#169/365

169 - Não existe nada como muito...

2018: cada um.

2017: cheiro do homem que eu amo. Se ele estivesse aqui certamente o estaria cheirando, rsrrs.

2016: beijo, abraço, carinho, chocolate... (gosto quando leio os "valeu por hoje"  do ano passado... me leva de volta a momentos ótimos)

2015: ... amor!!!! <3

Valeu por hoje: ver o homem que eu amo sempre me completa. Duro é deixar ele ir embora, rsrsrs.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog