#63/365


63 - O que você não gostaria de ter dito?

2018: qualquer coisa que possa ter magoado ou abalado a estima de outra pessoa eu não gostaria de ter dito.

2017: as coisas que eu disse nos últimos tempos tem sido bem pensadas e me recordando delas, não falei nada ofensivo ou com o intuito de magoar, diminuir, reclamar ou aborrecer, então não tenho arrependimentos nesse sentido.

2016: Nesse ano, ter feito as colocações pertinentes sobre a sala e os alunos do pré. Me incomodei e o que mudou só mudou porque as pessoas responsáveis constataram por si só que estavam erradas. Mas se falei, foi pensando no melhor. Vou constatando a cada dia mais que o melhor é não falar muito sobre o que pensamos e sentimos especialmente se for uma reclamação ou crítica.

2015: Essa pergunta me fez pensar bastante. Não gostaria de ter discutido muito com minha mãe na adolescência, de ter magoado quem amo por não saber domar o ímpeto ou usar as palavras, de ter cobrado algumas atitudes da minha filha  que não precisava, entre outras coisas e pessoas. Mas paguei meus preços - em alguns momentos, mais altos do que merecia - aprendi e hoje acho que melhorei bastante nesse sentido, não gosto de magoar ninguém, isso me faz muito mal. Mas como a pergunta é referente a 2015, eu não gostaria de ter dito que não participaria da greve, pois ser sincera  só me causou dor de cabeça. :p

Valeu por hoje: ter terminado meu artigo da pós, eeeeh! Agora só falta os puxões da orientadora para as correções finais, kkk!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog